Nunca foi tão fácil encontrar oportunidades para ganhar dinheiro como freelancer, você sabia?

Mesmo quem acredita não ter grandes conhecimentos ou habilidades pode encontrar trabalhos remotos e faturar uma boa grana trabalhando pela internet.

Se você quer entender melhor como isso funciona, leia nosso artigo e confira:

  • O que é freelancer.
  • 7 ideias de trabalhos freelancer.
  • As vantagens e desvantagens de ser freelancer.
  • Quanto é possível ganhar.
  • Os principais sites para encontrar trabalhos de freelancer.

Boa leitura!

 

O que é freelancer?

Freelancer é um profissional que oferece seus serviços de maneira independente e geralmente de forma remota (online)  seja para empresas ou pessoas físicas.

Algumas pessoas conciliam um trabalho fixo e as atividades de freelancer, encarando os “freelas” (projetos) como um complemento de renda.

Já outras optam por trabalhar como freelancers em tempo integral, aproveitando ao máximo a liberdade que esse estilo de carreira proporciona.

Aqui podemos incluir os nômades digitais, que viajam pelo mundo enquanto ganham dinheiro trabalhando remotamente.

Há também quem comece a pegar trabalhos remotos pela internet como uma alternativa ao desemprego ou apenas enquanto não termina os estudos.

De qualquer forma, ser freelancer é uma forma totalmente viável de ganhar dinheiro e desenvolver novas habilidades profissionais.

Mas, aí surge a dúvida: que tipo de trabalho?

7 ideias de trabalho freelancer que estão em alta

REDATOR FREELANCER

Um redator freelancer basicamente escreve textos para sites e blogs. Como a demanda por conteúdo digital é crescente, não falta trabalho para profissionais dessa área.

ASSISTENTE VIRTUAL

Assistentes virtuais trabalham como “secretárias remotas”, resolvendo questões como checagem de e-mails, controle de agenda e pagamentos para empresas e pessoas físicas.

TRADUTOR

Dá para oferecer serviços de tradução freelancer mesmo sem ter formação acadêmica na área. A maior demanda é no par inglês-português, mas existem oportunidades para todos os idiomas.

REVISOR

Uma das possibilidades para o revisor freelancer é trabalhar com textos digitais, como artigos, e-books e páginas de vendas.

Também é possível prestar serviços de revisão de materiais impressos, diretamente aos autores ou para pequenas editoras.

DESENVOLVEDOR DE SITES / BLOG 

Cada vez mais empresas e profissionais decidem divulgar seus produtos e serviços através de sites e blogs na internet.

Nessa hora, é preciso contratar alguém com os conhecimentos técnicos necessários para a tarefa. É aí que entra o desenvolvedor freelancer.

DESIGNER GRÁFICO

Um designer freelancer pode atuar principalmente na criação de logos, edição de imagens, criação de artes e materiais gráficos em geral.

É possível trabalhar para clientes diretos (empresas e pessoas físicas) ou prestar serviços para agências.

TRANSCRITOR DE ÁUDIO

Um transcritor de áudio basicamente transforma conteúdo falado ( áudio ou vídeo) em materiais escritos.

Existe grande demanda desse tipo de serviço no momento para vídeos do YouTube, palestras, vídeo-aulas e podcasts.

Quanto é possível ganhar ?

Depende. Para quem é freelancer, a expressão “tempo é dinheiro” faz todo o sentido! Isso significa que os ganhos que um profissional pode ter com projetos autônomos dependem diretamente de sua produtividade.

Mas, apenas a título de exemplo, vamos pensar em um redator freelancer. Estes profissionais costumam precificar o trabalho por palavras e o preço médio por palavra varia de 4 a 6 centavos.

Então, digamos que um redator de conteúdo consiga produzir três textos de mil palavras por dia e cobre 5 centavos por palavra.

Trabalhando de segunda a sábado, sua renda mensal será de aproximadamente R$ 3.750. Nada mal!

E, dependendo das atividades desenvolvidas e ritmo de produção do profissional, esse valor pode ser bem mais alto.

 

Principais plataformas de serviços freelancer

As plataformas são uma ótima alternativa para começar a ganhar dinheiro como freelancer. Os sites de trabalhos freelancer funcionam como intermediários entre profissionais e clientes, garantindo maior segurança e facilidades para os dois lados.

Conheça agora as principais plataformas nas quais você pode criar um perfil e começar a oferecer seus serviços de freelancer hoje mesmo:
 
Workana

Oferece muitos projetos em português para freelancers de diferentes áreas, incluindo criação de conteúdos, tradução, suporte administrativo, marketing, vendas, design, TI e programação.
A Workana cobra uma comissão de 5 a 20% sobre os valores que os freelancers recebem em cada projeto.

 
99 Freelas

Oferece praticamente só projetos em português e cobra uma taxa fixa de 10% sobre os rendimentos obtidos em cada trabalho pelos profissionais.
É possível encontrar jobs das mais diversas áreas, como conteúdo, desenvolvimento Web, fotografia, design, vendas, marketing e suporte administrativo.

 
UpWork

O UpWork é uma das maiores plataformas para freelancers do mundo e oferece principalmente trabalhos em inglês. Por isso, é importante ter pelo menos um nível de domínio intermediário do idioma para usar o site.
Os projetos publicados são das mais diversas áreas, como marketing, programação, escrita de textos, tradução, ilustração e atendimento ao cliente.
As taxas que o site cobra sobre os rendimentos dos profissionais em cada projeto variam de 5 a 20%. Os projetos são cotados e pagos em dólar.
 

Freelancer

A plataforma Freelancer disponibiliza muitos projetos em português e inglês de diversas áreas, incluindo tradução e conteúdos, design, administração, digitação (data entry) e muito mais.
O site cobra uma comissão de 10% sobre o valor de cada projeto finalizado pelos profissionais.

 

Como funciona 

O funcionamento das plataformas Workana, 99 Freelas, UpWork e Freelancer é muito parecido e pode ser resumido da seguinte forma:

  1. Os clientes publicam seus projetos, explicando o que deve ser feito, em quanto tempo e qual o orçamento disponível para o trabalho.
  2. Os freelancers cadastrados na plataforma enviam suas propostas, especificando o preço e tempo de conclusão para o projeto.
  3. O cliente escolhe uma das propostas e o freelancer desenvolve o trabalho.
  4. Após a conclusão do projeto, o pagamento é transferido para a conta do freelancer na plataforma e o cliente deixa uma avaliação no perfil do profissional.
  5. A plataforma desconta sua comissão sobre o total do projeto e o freelancer pode sacar o dinheiro, transferindo para uma conta bancária ou do PayPal.

Conheça agora outras duas plataformas:

Crowd

A Crowd é uma plataforma que também oferece oportunidades para profissionais de diversas áreas, mas que funciona um pouco diferente dos sites que acabamos de citar.

Em primeiro lugar, para oferecer serviços como freelancer pela Crowd é obrigatório emitir nota fiscal.

Além disso, são os clientes que selecionam os profissionais (até 10) que poderão enviar propostas a seus projetos.

De resto, a coisa funciona do mesmo jeito: o freelancer realiza o projeto e ao final o cliente deixa uma avaliação em seu perfil. A comissão cobrada sobre os projetos é de 8%.

Rock Content

A Rock Content é uma empresa especializada em marketing de conteúdo que mantém uma plataforma de freelancers nas áreas de redação, revisão, transcrição, diagramação e design.

Para poder pegar projetos através da plataforma, é preciso passar por uma avaliação. As tarefas têm preços fixos e a não há cobrança de taxas sobre os serviços.

 

Empresas que contratam freelancers

 
Algumas empresas internacionais contratam freelancers para o desenvolvimentos de projetos internos.

Para se candidatar a esse tipo de trabalho, é necessário ter ao menos um nível intermediário de leitura e escrita em inglês, já que os processos seletivos sempre ocorrem nesse idioma.

Entre as principais empresas que se enquadram nesse conceito, temos:
 

  • Appen.Oferece principalmente trabalhos de análise de motores de busca, redes sociais, transcrição e tradução.
  • Lionbridge. Também tem oportunidades para profissionais de tradução, mídias sociais e avaliação de mecanismos de busca.
  • TranscribeMe. Trabalha exclusivamente com transcrição de áudio em diferentes idiomas, incluindo português brasileiro e europeu.

Principais vantagens e desvantagens de ser um freelancer

 
Como qualquer atividade, ser freelancer tem suas vantagens e desvantagens, conheça as principais.
 

VANTAGENS

  • Liberdade para criar os próprios horários de trabalho.
  • Trabalhar de onde quiser.
  • Aprendizagem constante.
  • Múltiplas opções de trabalho e renda.
  • Fica mais fácil conciliar vida profissional e familiar.

DESVANTAGENS

  • Não ter uma renda fixa.
  • Maior risco de procrastinar (especialmente para quem trabalha em home office).

conclusão

Ganhar dinheiro como freelancer é possível e está ao alcance de todos com a internet. Porém, é preciso ter em mente que se trata de uma forma de trabalho e não de uma fórmula mágica para enriquecer sem fazer nada.

A qualidade dos serviços prestados pelo profissional e a capacidade produtiva de cada um são determinantes sobre os lucros que se pode obter com freelas.

É verdade que as plataformas de trabalho freelancer facilitam muito a captação de clientes. Mas é fundamental não se acomodar e buscar sempre novas formas de divulgação do seu trabalho e aumento da produtividade.

Para aqueles que decidem ser freelancers em tempo integral, uma boa dica é diversificar ao máximo as fontes de renda.

Além dos trabalhos pela internet, você pode ter ganhos extras vendendo fotos online ou participando de pesquisas remuneradas, por exemplo.

Espero que esse artigo tenha ajudado a entender melhor esse estilo de trabalho que cada vez mais pessoas adotam.

Agora só falta deixar seu comentário aqui embaixo: você já fez algum trabalho como freelancer? Está pensando em começar? Quais serviços vai oferecer?

 

Ganhar dinheiro sendo freelancer: entenda como funciona
4.1 (82.5%) 16 vote[s]

Pin It on Pinterest

Share This