Não, você não vai se tornar um escritor de sucesso em apenas dois meses…desculpe, eu exagero um pouco. 🤭

Mas, o importante é que escrevi este guia com muito cuidado, pensando em dar a você o máximo de informações úteis para começar a escrever artigos, seja para outras pessoas ou no seu próprio blog.

Nele vou mostrar os pontos-chave para se tornar um redator web de sucesso. Então, você não tem mais desculpas para não começar. Aproveite!

Ser redator web pode parecer o trabalho dos sonhos para muitas pessoas: ser pago para escrever textos, com a liberdade de trabalhar de qualquer lugar, precisando apenas de um computador conectado à internet.

Empresas de todos os setores precisam de conteúdo novo e de qualidade para alimentar seus sites, blogs e redes sociais diariamente. E quem é o responsável por escrever esse material valioso? O redator de conteúdo!

Então você pode imaginar como a procura por esse tipo de serviço é grande…

Mas, o que é preciso para ser um redator web? Como conseguir trabalhos? Dá mesmo para ganhar dinheiro escrevendo artigos? É o que vou explicar a seguir!

 

O que faz um redator web?

Um redator web é o profissional responsável por produzir conteúdos para a internet, como artigos para blogs, textos institucionais e e-books. O segmento com maior demanda são os artigos para blog.

Geralmente, os redatores são freelancers, ou seja, são prestadores de serviços independentes, que negociam o preço de cada projeto diretamente com o cliente. Mas, também é possível conseguir um trabalho fixo como redator em empresas.

A atividade de escritor freelancer pode ser ainda uma oportunidade de renda extra, paralela a um emprego formal ou enquanto se está na faculdade, por exemplo.

Como adiantei, o trabalho do redator é criar textos cativantes para a internet. Isso inclui desde a pesquisa inicial sobre o tema e o levantamento de informações confiáveis, até a edição e formatação do material que vai ser publicado.

Normalmente o redator recebe todas as instruções sobre o conteúdo que vai ser criado em um documento chamado pauta ou briefing, enviado pelo cliente.

Esse documento contém informações como: título, público-alvo do texto, tom de linguagem que deve ser adotado e referências (outros conteúdos que podem ajudar na elaboração do artigo).

 

Ghostwriting

Muitas vezes, um conteúdo é publicado como se tivesse sido escrito pelo dono do site ou blog, ou por um funcionário da empresa, quando na verdade foi comprado de um produtor de conteúdo.

Esse tipo de trabalho é chamado de ghostwriting, quando o redator não recebe os créditos pelo material produzido. Obviamente, a questão da atribuição de autoria precisa ser combinada com o cliente, antes de fechar um projeto. 

Por isso se utiliza o termo “ghost writer”, cuja tradução é “escritor fantasma”, porque nesse tipo de trabalho o nome do verdadeiro autor não aparece.

Este artigo, por exemplo, não foi escrito por mim…e sim por um freelancer que me ajuda desde o início do Blog.

Como o português não é meu idioma nativo, conto com a ajuda de um redator para revisar e adequar a linguagem dos meus textos, embora eu defina as linhas gerais e os principais tópicos de cada artigo.

 

Como se tornar um editor da web

A profissão de redator web não é regulamentada no Brasil, portanto, não é exigida uma formação específica para trabalhar na área. 

É verdade que muitos profissionais formados em Letras e Jornalismo acabam se tornando redatores, mas, não é obrigatório cursar uma dessas faculdades. Aliás, ter curso superior não é um pré-requisito para trabalhar escrevendo como freelancer.

Por outro lado, para obter sucesso na carreira é importante ter um bom domínio do português, além de conhecimentos em SEO e marketing de conteúdo.

Se você não faz a menor ideia do que é SEO, ou sabe pouco do assunto, este artigo vai ser muito útil 😉.

 

Curso de redator para começar sua carreira

Existem cursos gratuitos e pagos voltados ao universo da escrita para web. Inclusive, posso indicar duas certificações gratuitas bastante valorizadas no mercado, que lhe ajudarão a iniciar sua carreira de redator:

Rock Content

Curso de produção de conteúdo para web da Rock Content. Com duração total de 2h30min, apresenta conceitos essenciais para trabalhar como redator, incluindo planejamento de conteúdo, personas, SEO e revisão.

Hubspot

Certificação de Inbound Marketing da Hubspot. Para ser um bom redator, é importante conhecer a metodologia da qual o seu trabalho faz parte (inbound), tema desse curso grátis da Hubspot.

A plataforma Udemy é uma boa opção para encontrar cursos baratos de redação, SEO, escrita criativa e outros assuntos importantes para se destacar na área de produção de conteúdo.

Temos ainda vários blogs e canais do YouTube voltados a produtores de conteúdo, com dicas e materiais educativos para crescer na carreira.

Onde encontrar trabalho

Até aqui falamos sobre o que um redator faz e como se qualificar para trabalhar na área. Mas, onde encontrar trabalhos de redação web?

Vagas para cargos fixos de redator em empresas costumam ser divulgadas em plataformas de empregos, como a Catho, e no Linkedin.

Porém, como expliquei, a maior oferta de trabalhos de redação é na modalidade freelancer. As principais opções para encontrar esses trabalhos são:

Plataformas para freelancers

Plataformas para freelancers

Plataformas de trabalho freelancer como Workana e 99Freelas costumam publicar dezenas de projetos de escrita de artigos diariamente.

A plataforma VintePila é uma outra alternativa, especialmente para os redatores iniciantes. Se você quiser saber mais sobre a VintePila, confira o artigo completo.

Grupos no Facebook

Grupos no Facebook 

Grupos de redatores no Facebook também são uma opção para encontrar jobs de produção de conteúdo. Além de ter acesso a ofertas de trabalho, nesses grupos você pode interagir com outros redatores.

Ter o próprio blog

Ter o próprio blog

Já que você vai oferecer o serviço de escrita de artigos, nada melhor do que ter seu próprio blog, certo? Por meio do seu blog os clientes podem lhe encontrar no Google e entrar em contato para solicitar serviços.

 

Quanto você pode ganhar

Se você for um redator web freelancer, sua renda mensal vai depender da sua produtividade e do preço cobrado pelos serviços.

Em geral, os redatores precificam os textos por palavra, com valores que vão de 5 a 10 centavos, em média.

Então, vamos supor que você cobre 6 centavos por palavra e consiga escrever 2.000 palavras por dia, trabalhando de segunda a sexta. Isso vai resultar em uma renda de 120 reais por dia, totalizando 2.400 reais por mês.

No começo, vale a pena cobrar um preço mais baixo por palavra, especialmente em plataformas online, pois assim você aumenta a chance de conseguir clientes e avaliações positivas (se fizer um bom trabalho).

Com o tempo, sua autoridade vai aumentar e você poderá cobrar um preço mais alto, além de ter uma capacidade de produção maior (devido à prática). Sendo assim, o valor mensal do exemplo acima pode ser multiplicado.

 

Vantagens e desvantagens de ser redator freelancer

Procurei resumir abaixo as principais vantagens e desvantagens de ser redator:

Vantagens

  • Poder trabalhar de qualquer lugar e fazer os próprios horários.
  • Não é preciso formação específica.
  • Serviço com alta demanda no mercado.

Desvantagens

  • Não ter receita fixa (se for um redator freelancer).
  • Grande concorrência, especialmente em plataformas.

 

5 Dicas poderosas para ser um redator de sucesso

 

Mantenha um portfólio atualizado

O portfólio é o local onde os clientes podem conferir amostras de conteúdos que você já produziu. Há plataformas que permitem criar um portfólio online gratuitamente, como a Contently.

Mas, se você ainda não tem nenhum texto publicado ou só escreveu artigos como ghost writer, pode aproveitar plataformas como o Linkedin, Medium ou seu próprio blog para montar um portfólio.

Busque qualificação contínua

Procure sempre se aprimorar como redator, melhorando seus conhecimentos em assuntos como gramática, SEO, marketing de conteúdo e técnicas como copywriting e storytelling.

Se especialize

Alguns redatores aceitam escrever sobre qualquer tema, porém, o ideal é se especializar em um ou alguns assuntos. Ao escrever sobre os temas com os quais tem maior afinidade, você consegue melhorar a qualidade do seu trabalho e produzir mais.

Faça networking

Mantenha contato com outros profissionais do mundo digital, incluindo redatores, designers, desenvolvedores, produtores digitais e afiliados. Sua rede de contatos pode trazer boas oportunidades de trabalho!

Mantenha a pontualidade das entregas

Cumprir os prazos de entrega, mantendo a qualidade do trabalho, é um ponto fundamental para construir uma carreira de redator. Então, procure se organizar para entregar os textos sempre nas datas combinadas ou antes.

Conclusão

Procurei trazer um guia prático e realista para quem deseja ganhar dinheiro como redator web, seja como um complemento de renda ou profissão em tempo integral.

Como vimos, é uma atividade que não requer uma formação específica e permite que você trabalhe de qualquer lugar, com total flexibilidade de horários.

Porém, devo lembrar que, como existe bastante concorrência nesse mercado, é fundamental investir em qualificação para ter sucesso.

Você já conhecia a profissão de redator? Pretende trabalhar nessa área? Deixe um comentário.

E não esqueça de assinar a newsletter do Blog 123 Dinheiro, para receber novidades sobre como ganhar dinheiro direto no seu e-mail!

[Total: 3   Average: 5/5]
0 Compart.
Compartilhar
Pin
Twittar
Compartilhar