Apresentação do dropshipping O Dropshipping é um sistema de vendas que vem dos Estados Unidos. Ele consiste em vender produtos on-line e enviá-los diretamente dos fornecedores. Desta forma, se você deseja criar uma loja online, mas não tem a possibilidade de estocar seus produtos, pode ser uma excelente solução. Neste artigo, explicarei as vantagens e desvantagens deste sistema, vou detalhar minha experiência e dizer se é rentável. O objetivo é que você entenda todos os desafios e questões  antes de iniciar ou não.
A estratégia de bem escolher seu fornecedor Dado que a questão do dropshipping consiste em enviar os produtos por seus fornecedores, eles são obviamente a chave desse sistema. É preciso ser particularmente cuidadoso na escolha deles. Se você escolher fornecedores ruins, terá que lidar com atrasos na entrega, mas também com produtos defeituosos. E como vendedor, é você quem está na linha de frente com seus clientes e quem deve resolver esses problemas. Assim, para escolher seus fornecedores, existem várias dicas. Primeiro, você pode ler as opiniões dos clientes, para ter uma ideia da reputação deles. A outra maneira é você solicitar um produto e ver como eles tratam seu pedido, se os prazos de entrega são respeitados, assim como a qualidade do produto. Também é importante poder entrar em contato com seu fornecedor facilmente. Verifique se você tem várias formas de contato, como o Skype ou, se possível, um número de telefone. Outro ponto a não negligenciar é a localização de seus fornecedores. A escolha de um fornecedor no Brasil ou na China não exigirá o mesmo trabalho ou os mesmos esforços. Se você escolher um fornecedor no Brasil, terá preços mais altos, mas o produto cheará mais rápido. Ao escolher um fornecedor localizado na Ásia, você precisará falar inglês e garantir a confiabilidade total de seus fornecedores para evitar surpresas desagradáveis. Como você pode ver, ao escolher corretamente seus fornecedores, você garante a durabilidade da sua loja on-line e a reputação que poderá construir com seus clientes. Como o dropshipping é baseado principalmente em fornecedores, essa etapa não deve ser negligenciada.
As vantagens do Dropshipping  O Dropshipping tem uma série de vantagens. A principal vantagem é, obviamente, a ausência de estoque. Portanto, é possível oferecer muitos produtos em uma loja sem tê-los em casa. Assim, com esse sistema, você pode ter um grande catálogo, o único limite são os produtos oferecidos pelo seu fornecedor (daí a importância em escolhê-lo). Com este sistema, você não tem nenhuma logística para gerenciar. E isso excelente, porque armazenar material não requer apenas espaço, mas também dinheiro. Além disso, como você não terá os pacotes para enviar aos clientes, você economizará muito tempo, mas também dinheiro no envio de material (caixas, etc.). Seus fornecedores geralmente oferecem vários métodos de envio; aconselho que você escolha, se possível, o mais rápido e com um rastreamento on-line, o que tranquilizará seu cliente. Porque uma vez que o pedido foi enviado, você só precisará enviar o número de rastreamento e o site de rastreamento para seus clientes. Outra vantagem que não deve ser ignorada, é o lado “marca branca“. O que chamo de marca branca é o fato de seus fornecedores não colocarem nenhuma fatura no nome deles nas encomendas destinadas para seus clientes. Sendo assim, você pode até mesmo pedir que eles coloquem as faturas em nome de sua loja. Então, aos olhos de seus clientes, é você quem envia os pedidos. E esse pode ser um ótimo sinal enviado para eles, o que faz aumentar a confiança em sua loja. Enfim, observe a enorme vantagem de caixa  que o dropshipping traz. Você não tem capital para investir em um estoque inicial, o que precisa é simplesmente pedir aos seus fornecedores assim que tiver um pedido de um cliente. Portanto, quando você inicia uma loja baseada nesse modelo econômico, praticamente não assume riscos. Os únicos custos que você investirá são os custos para iniciar sua loja online (hospedagem, personalização de sua loja, entre outros). Essas inúmeras vantagens tornam o dropshipping um sistema muito interessante para pessoas que desejam ter uma atividade de vendas on-line, mas que não possuem meios financeiros que lhes permitem investir no estoque, principalmente se os produtos vendidos forem caros (produtos de alta tecnologia em particular).
   … Mas também tem desvantagens   A principal desvantagem desse sistema é o controle de qualidade dos produtos. Você precisa ter certeza da boa escolha de seus fornecedores e que os produtos enviados são bons, porque não é possível ver os produtos antes que eles cheguem aos clientes. Você também não tem controle sobre o zelo das transportadoras , algo que pode criar complicações dependendo das transportadoras utilizadas. Portanto, é aconselhável solicitar que seus fornecedores usem transportadoras seguras como a DHL Express. Como eu disse no começo do artigo, se você escolher fornecedores ruins e eles não fizerem bem o trabalho deles, você terá que lidar com isso . E o cliente preocupado se voltará contra o vendedor, ou seja, você. É por isso que manter um contato diário com seus fornecedores é algo primordial no dropshipping. Não apenas para garantir que os pedidos sejam bem processados, mas também solicite a situação do estoque para não colocar “Em estoque” no seu site produtos que  o seu fornecedor não possui. É por isso que você deve ser exigente na escolha de seu fornecedor. Outra desvantagem está relacionada à postagem de produtos no seu site. Você não pode copiar a descrição de seus fornecedores porque o Google sanciona sites com conteúdo copiado de outros sites. Você terá que escrever as planilhas  de todos os seus produtos manualmente. E se você tiver centenas ou milhares, pode demorar um pouco. Apesar dessas poucas desvantagens, o dropshipping continua sendo uma ótima maneira de vender on-line.
 Quanto é possível ganhar? Aqui está a parte que mais lhe interessa e tentarei responder da maneira mais clara e franca possível. Com o dropshipping, é possível ganhar tanto quanto em uma loja normal ou mais, porque você pode oferecer um número maior de produtos. O elemento mais importante a considerar é a margem líquida que você alcançará em cada venda online. Essa margem equivale  ao que lhe resta após pagar o pedido ao seu fornecedor, incluindo os custos de entrega ao cliente deduzindo as taxas bancárias (comissões etc.). Em resumo, o que lhe restou  quando o pedido acabou. E o que determinará a lucratividade da sua loja é simplesmente o tipo de produto que você vai vender. Por exemplo, produtos de alta tecnologia têm margens mais baixas que roupas ou acessórios. É por isso que você tem que escolher seu “nicho” antes de começar. Por nicho, quero dizer que você terá que se especializar em um tipo específico de produto e, se possível, não ser vendido por gigantes como Americanas ou Magazine Luiza. Porque você não poderá oferecer preços tão baixos quanto esses sites e com os mesmos benefícios que eles. Você precisará se diferenciar desses sites se desejar receber pedidos. Mas então, quanto é possível ganhar? Bem, você precisa saber que, em média, uma loja de dropshipping conseguirá emergir nos 3500 reais de lucros por mês após um ano de atividade. Essa é uma média do que eu pude ver pessoalmente, mas para alcançar isso, você precisa investir tempo e permanecer na página, especialmente em termos de SEO, para ter uma loja otimizada e, portanto, visível nos motores de busca. Você entendeu, este sistema permite que você ganhe dinheiro.

Minha experiência pessoal

Eu próprio tive uma loja no dropshipping, por isso vou contar a minha experiência. Em 2012, fiz algumas vendas no eBay e funcionava bem. Então, eu queria ter minha própria loja, mas, por falta de recursos financeiros , não podia investir em estoques suficientes. Então me informei e encontrei fóruns que falavam do dropshipping, algo que era muito novo na época. Peguei todas as informações necessárias e comecei a procurar fornecedores. Antes de tudo, os fornecedores franceses. Percebi que pouquíssimos ofereciam os produtos que eu procurava e os únicos que ofereciam os produtos tinham preços muito altos. Então comecei a procurar fornecedores estrangeiros e encontrei o site Aliexpress, que propõe entrar em contato com fornecedores. Neste site, existem milhares de fornecedores e que ainda oferecem todos os tipos de produtos.  Foi assim que comecei a trabalhar com dois fornecedores diferentes, ambos localizados na China. Em setembro de 2013, abri minha loja on-line e comecei a importar produtos que eram mais bem colocados em seu tema. Com minha familiaridade em SEO (otimização para serviços de busca) pude trabalhar no site para estar bem posicionado no Google nas palavras-chave mais interessantes. Eu tive minha primeira venda duas semanas após o lançamento da loja. Então, o crescimento foi rápido, com uma venda por semana, uma venda por dia e várias vendas por dia. No espaço de quatro meses, minha loja registrava várias vendas por dia, permitindo-me trazer ainda mais produtos ao catálogo para atender a mais necessidades. Vendendo produtos bastante caros, isso me permitiu ganhar 1400 euros por mês, após apenas cinco meses de divulgação on-line. No final de 2013, não tendo mais tempo para me dedicar à minha loja por motivos profissionais, decidi vendê-la. Minha experiência com dropshipping foi positiva e me trouxe dinheiro, mas também demandava muito mais tempo do que eu pensava. Também tive um problema com um de meus fornecedores, que apresentava cada vez mais atrasos no processamento de pedidos, o que causava transtornos com meus clientes. Então, tive que encontrar um fornecedor para substituí-lo rapidamente, porque os pedidos continuavam a se acumular. Em resumo, posso dizer que essa experiência foi muito benéfica para mim, seja do ponto de vista pessoal ou profissional. Eu conheci muitas pessoas e isso me permitiu reforçar meus conhecimentos em marketing, mas também em SEO. Se você é alguém que tem tempo disponível e gosta do comércio, este é um sistema que eu recomendo. Se você deseja embarcar nessa aventura, saiba que encontrará fóruns especializados em dropshipping e poderá encontrar dicas úteis. Saiba também que, se você criar sua loja sozinho, terá que gerenciar todos os aspectos, seja a relação com os fornecedores, a relação com os clientes, o gerenciamento dos produtos em seu catálogo, a promoção de sua loja e seu posicionamento nos motores de busca e em muitos outros. No entanto, é muito gratificante começar do zero e criar uma loja online que permita obter renda suficiente para se viver. Se tenho outra sugestão a fazer, é escolher uma temática de produtos dos quais você tenha muito conhecimento, porque seus clientes podem ter perguntas precisas sobre esses produtos. E se você não souber o suficiente, suas vendas poderão sofrer, assim como sua reputação online. Porque a reputação é algo difícil de construir, mas se destrói muito rapidamente.
[Total: 1    Média: 5/5]
RECEBA GRÁTIS SEU GUIA!

RECEBA GRÁTIS SEU GUIA!

 

Conteúdo inteiramente desenvolvido para ajudar você a encontrar maneiras de como melhorar sua renda e seu ganhos.

Aproveite e convide seus amigos. Uma boa dica, a gente compartilha!

Inscrição realizada com sucesso!

0 Compart.
Compartilhar
Pin
Twittar
Compartilhar